#SIA2020

Iago Mendes Macedo

https://soundcloud.com/associacao-de-arquivistas-de-sp-arq-sp/iago-mendes-macedo


Título: A Formação dos docentes com bacharelado em Arquivologia e em Biblioteconomia e Documentação dos institutos de ensino superior da região nordeste do Brasil

Área temática: Formação profissional

Autores: Iago Mendes Macedo

Palavras-Chave: Docentes; Arquivologia; Biblioteconomia-e-Documentação; Formação-acadêmica; Perfil-profissional



Resumo: Este trabalho possui como objetivo apresentar uma análise acerca da formação acadêmica dos docentes bacharéis em Arquivologia e em Biblioteconomia e Documentação das instituições de ensino superior da região nordeste do Brasil que possuem cursos de bacharelado em Arquivologia. Este resumo é um dos resultados do Projeto de Iniciação Científica intitulado "As formações discursivas do saber arquivístico a partir do surgimento dos cursos de Arquivologia no Brasil", realizado no âmbito da Universidade Federal da Bahia, apoiado por meio do Programa Permanecer e sob a orientação do professor Gillian Leandro de Queiroga Lima. Adotou-se como metodologia de pesquisa o levantamento e a análise de dados provenientes dos currículos Lattes coletados no site de cada uma das instituições pesquisadas, a saber: Universidade Federal da Bahia (32 docentes); Universidade Estadual da Paraíba (14 docentes); e, por fim, a Universidade Federal da Paraíba (39 docentes). A pesquisa configura-se, quanto aos seus métodos de abordagem, em uma pesquisa quantitativa e qualitativa. A partir da análise dos dados levantados, verificou-se que 9,4% (oito) dos docentes examinados são bacharéis em Arquivologia e 54% (46 docentes) bacharéis em Biblioteconomia e Documentação. No que se refere aos cursos de pós-graduação stricto-sensu dos docentes bacharéis em Arquivologia, evidencia-se que 100% destes possuem mestrado em Ciência da Informação. No que diz respeito ao doutorado, 50% possuem formação em Ciência da Informação, 12,5% em Difusão do Conhecimento e 37,5% não informaram ou não possuem. Em relação aos docentes com bacharelado em Biblioteconomia e Documentação, verificou-se que 65% possuem mestrado em Ciência da Informação, 13% em Biblioteconomia, 8,6% em Educação, 4% em outras áreas e 2,1% não informaram ou não possuem. Referente ao doutorado, 45,6% dos docentes são formados em Ciência da Informação, 13% em Educação, 8,6% em Difusão do Conhecimento, 21,7% em outras áreas e 15,2% não informaram ou não possuem. Os resultados apontam que os bacharéis em Arquivologia que compõem o corpo acadêmico das instituições de ensino superior analisadas possuem, em sua maior parte, formação strictu sensu, no nível do doutorado, em Ciência da Informação, seguido de Difusão do Conhecimento. Por outro lado, os bacharéis em Biblioteconomia e Documentação possuem, em sua maioria, doutorado em Ciência da Informação, seguido do doutorado em Educação. Por fim, evidencia-se a importância deste estudo ao revelar o perfil da formação dos docentes das instituições pesquisadas. Considera-se que os dados apresentados contribuem com o campo científico da Arquivologia no que se refere ao aprofundamento do tema para estudos futuros. Orientador: Gillian Leandro de Queiroga Lima

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Associe-se à ARQ-SP
  • c65f9eac24be62dfdcc5f509a32930f8-curso-d
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle