#SIA2020

Minicursos

AS INCRIÇÕES PARA MINICURSOS SÃO REALIZADAS DIRETAMENTE NA ÁREA DO PARTICIPANTE NA PLATAFORMA EVEN3. 
PARA SE INSCREVER NO SIMPÓSIO: CLIQUE AQUI

PERÍODO: Dias 5 e 6 de dezembro de 2020, sábado e domingo, das 10 às 13 horas.

 

  1.  Arquivos em museus: funções, práticas e modelos de gestão e pesquisa

    Docente: Gabriel Moore Forell Bevilacqua

    O minicurso tem por objetivo introduzir conceitos e apresentar experiências, processos técnicos e instrumentos de trabalho relacionados ao gerenciamento de arquivos no contexto museológico. A partir do compartilhamento de práticas, estudos e tendências de museus brasileiros e estrangeiros serão identificados e discutidos os principais desafios e soluções colocados tanto pela gestão do arquivo institucional quanto pelo colecionismo de arquivos privados no museu. Além de aspectos técnicos e gerenciais específicos trazidos pelas atividades de gestão documental, conservação preventiva, classificação, descrição, digitalização, informatização e acesso, também serão abordados outros temas  de interesse, como a integração de procedimentos técnicos e instrumentos de pesquisa entre acervos arquivísticos, bibliográficos e museológicos, sua delimitação funcional e conceitual no museu, critérios de aquisição/formação de acervos e modelos de gestão e indicadores especializados de trabalho.


     

  2. Ações elementares para organização de serviço de difusão em arquivos

    Docente: Marcelo Antônio Chaves

    O curso tem como objetivos: apresentar breve diagnóstico sobre atividades de difusão em arquivos; avaliar especificidades da difusão em arquivos; refletir sobre o serviço de difusão no 'jogo político' institucional em diversas modalidades de arquivos;  propor marcos conceituais balizadores para essa atividade; pôr em discussão eixos norteadores para os serviços de difusão em arquivos. Metodologia: Exposição – Exercícios dialógicos.


     

  3. Identificação arquivística

    Docentes: Ana Célia Rodrigues, Alexandre Faben e Danilo André Cinacchi Bueno

    Apresentar os fundamentos teóricos e metodológicos da identificação como modelo de pesquisa sobre as características do órgão produtor e dos seus documentos, os parâmetros da diplomática contemporânea para identificar a tipologia documental e os procedimentos e instrumentos de identificação aplicados à gestão de documentos e ao tratamento de documentos acumulados em arquivos.


    PERÍODO: Dias 7, 9 e 11 de dezembro de 2020, 2ª, 4ª e 6ª feiras, das 8 às 10 horas.


     

  4. Uso da paleografia em arquivos

    Docente: Sonia Maria Troitiño Rodriguez

    O objetivo deste curso é discutir o atual papel da ciência paleográfica em arquivos e outras instituições de proteção do patrimônio documental. Para isso, serão debatidos desde a tradicional aplicação da paleografia de leitura até o uso contemporâneo de técnicas e análise paleográfica no desempenho das atividades arquivísticas e de preservação documental. Será também discutida a interação entre Paleografia, Diplomática e Tipologia Documental, como recurso para a identificação, reconhecimento de autenticidade e contextualização de documentos.


     

  5. Como identificar o SIGAD mais adequado para a sua instituição?

    Docente: Lenora de Beaurepaire da Silva Schwaitzer

    O que é um SIGAD? E qual a diferença entre um SIGAD e um GED?
    Qual a importância de um SIGAD?
    Sua organização está preparada para a implantação de um sistema de gestão de documentos?
    Como identificar o grau de maturidade de sua organização para a escolha de um SIGAD?
    Qual o sistema mais adequado para a sua organização?


     

  6. História da administração nos arquivos: os princípios arquivísticos e o contexto de produção dos documentos

    Docente: Dilma Cabral

    O minicurso tem por objetivo analisar as relações existentes entre a histórica da administração e os princípios arquivísticos, apresentando como este domínio historiográfico contribui para manutenção da organicidade dos documentos de arquivo e a integridade dos fundos, bem como a sua função na compreensão do contexto de criação destes documentos. O desenvolvimento das aulas se dará em torno de três temas: a história da administração como domínio historiográfico e os arquivos; os princípios arquivísticos, as funções e a história da administração; a experiência de constituição de um programa de pesquisa de história da administração pública brasileira em uma instituição arquivística, o MAPA do Arquivo Nacional.


     

  7. Avaliação de documentos e elaboração de tabelas de temporalidade

    Docente: Ieda Pimenta Bernardes

    O curso pretende fornecer os principais conceitos e fundamentos legais da gestão de documentos; orientar a avaliação de documentos de arquivo por meio da aplicação da ficha de avaliação de documentos e da análise dos valores primários e secundários; compartilhar a metodologia funcional de elaboração de Plano de Classificação (PC) e Tabela de Temporalidade de Documentos (TTD); e orientar a aplicação dos instrumentos de gestão por meio de SIGAD – Sistema Informatização de Gestão Arquivística de Documentos.


    PERÍODO: Dias 7 e 9 de dezembro de 2020, 2ª e 4ª feiras, das 18 às 21 horas.


     

  8. Identificação de tipos documentais em Arquivos Pessoais

    Docentes: Natália Bolfarini Tognoli e Renato de Mattos

    Aplicação da Diplomática contemporânea e dos estudos da Tipologia Documentos nos arquivos pessoais. Especificidades dos arquivos pessoais à luz dos princípios arquivísticos. Abordagem contextual dos arquivos pessoais. Documentos discricionários e a identificação de espécie e tipos documentais em arquivos pessoais.


     

  9. Gestão integrada de acervos fotográficos: da conservação ao tratamento da informação

    Docentes: Aline Lopes de Lacerda e Sandra Baruki

    Objetiva apresentar o cenário da gestão de acervos fotográficos nas instituições de guarda de acervos históricos procurando refletir sobre as ações de preservação, predominantemente realizadas de forma desvinculada, entre as áreas de conservação e de organização desses conjuntos. Com base nas premissas que regem as ações das áreas de conservação e de tratamento documental voltadas a acervos fotográficos, o curso apresentará alternativas de trabalho que promovam uma gestão integrada das fotografias de caráter histórico em instituições de guarda de acervos.


     

  10. A gestão de documentos arquivísticos com restrição de acesso: uma ação crítica

    Docente: Vanderlei Batista dos Santos

    Discute-se as especificidades legais e procedimentais sobre a gestão, qual seja, produção, acesso e uso, tramitação, arquivamento e destinação de documentos arquivísticos que possuam informações com algum tipo de restrição de acesso. Aborda-se, adicionalmente, aspectos relativos aos requisitos de sistemas informatizados de gestão de documentos para proteção dessas informações.


     

  11. Arquivos privados institucionais: conceitos e aspectos gerenciais

    Docente: Marcia Cristina de Carvalho Pazin Vitoriano

    O minicurso pretende abordar as principais questões presentes na organização de arquivos privados institucionais, considerando os conceitos envolvidos, aspectos da gestão de documentos e da preservação de acervos. Definição de arquivos privados. Tipos de arquivos privados institucionais. Gênese documental e regulação de atividades. Políticas institucionais de gestão e de preservação.

     

  12. Programas de reprodução de documentos: preservação e acesso

    Docente: Ana Célia Navarro de Andrade

    A reprodução de documentos é comumente realizada em acervos permanentes de valor histórico para preservação dos suportes e otimização do acesso à informação. No entanto, não existe solução única. O objetivo deste curso é apresentar aos alunos as principais técnicas de reprodução utilizadas para fins de preservação e acesso, suas vantagens e desvantagens, etapas e equipamentos necessários. Abordará também a diferença entre projetos e programas e, como atividade prática, pretende trabalhar com os alunos o planejamento e a elaboração de um programa de reprodução de documentos.


    PERÍODO: Dias 8 e 10 de dezembro de 2020, 3ª e 5ª feiras, das 18 às 21 horas.

     

  13. Tipologia da correspondência

    Docente: Ana Maria de Almeida Camargo

    Com a pretensão de caracterizar os atos de relação típicos das entidades públicas e privadas, este minicurso abordará as espécies documentais reunidas sob o nome genérico de correspondência (ofícios, cartas, memorandos e outros documentos), examinando-as em seu contexto funcional imediato.

     

  14. Fotografias e objetos em acervos: métodos de descrição e notação

    Docentes: Renata Bassetto e Gabriely Momesso

    O curso apresentará a metodologia desenvolvida com os arquivos custodiados pela Fundação FHC, contemplando especialmente a notação e a escolha pela abordagem contextual na descrição dos documentos. Para tratar dos assuntos propostos, o curso dará enfoque ao acervo fotográfico e aos objetos, abrangendo os itens de descrição, notação, guarda e conservação.

     

  15. Documentos audiovisuais e sonoros: introdução ao tratamento arquivístico

    Docente: Alexandre de Almeida

    O que são documentos audiovisuais e sonoros?
    Como avaliar e descartar corretamente os suportes?
    Como fazer análise tipológica desses documentos e garantir uma descrição eficaz?
    Como otimizar o espaço físico do seu acervo?
    Qual a melhor estratégia para a digitalização de documentos audiovisuais e sonoros, considerando custos e otimização do espaço virtual?

     

  16. Conceitos básicos  sobre o documento arquivístico digital: da gestão à preservação

    Docentes: Alex Pereira de Holanda e Natasha Hermida Pereira Castro da Silva

    Esse minicurso tem o objetivo de apresentar os aspectos introdutórios sobre a gestão e preservação de documentos arquivísticos digitais, destacando as principais características e questões para se produzir, usar, manter e preservar documentos arquivísticos de maneira confiável.


    PERÍODO: Dias 12 e 13 de dezembro de 2020, sábado e domingo, das 10 às 13 horas.

     

  17. Recortes de jornais em arquivos: o que fazer com eles?

    Docente: José Francisco Guelfi Campos

    Arquivo e coleção: definições, princípios e métodos de trabalho. Estatuto documental dos recortes de jornal. Clipping e álbuns de recortes: origem e tradição. Atributos funcionais e a prática do colecionismo. Estratégias de abordagem: descrição unitária e serial; identificação e definição das espécies e tipos documentais. 
    Objetivos: Discutir estratégias de abordagem, arranjo e descrição de recortes de jornal em arquivos, bem como a potencialidade destes documentos como fontes para a pesquisa em diversas áreas do conhecimento e como objeto de estudo e trabalho para profissionais e pesquisadores da Arquivologia.
    Metodologia: Aula expositiva dialogada por videoconferência, ilustrada por estudos de caso e exercícios.

     

  18. Conservação preventiva em arquivos: parâmetros para a constituição de reservas técnicas

    Docente: Alessandra Andrade França Barbosa

    Os acervos sob a guarda de arquivos e demais instituições culturais passam a maior parte do tempo em áreas de reserva técnica.  Por esse motivo, torna-se fundamental o planejamento, a organização e a manutenção dessas áreas a partir de princípios e paradigmas da Conservação Preventiva. Tendo em vista tal premissa, o presente minicurso pretende abordar aspectos relevantes para a concepção de reservas técnicas, como o monitoramento e controle ambiental; as escolhas de armazenamento e acondicionamento; as questões do acesso e de segurança, entre outros, visando a salvaguarda de documentos.
     

  19. O papel da descrição arquivística na difusão dos arquivos

    Docente: Lúcia Maria Velloso de Oliveira

    O minicurso pretende, a partir da compreensão da relevância da descrição arquivistica para a compreensão e gestão dos fundos, identificar os mecanismos de difusão de uma instituição arquivística ou de preservação. Serão abordados aspectos teóricos e apresentados dispositivos de fortalecimento da relação das instituições com seu usuário e as possibilidades de ampliação da visibilidade social dos arquivos.
     

  20. Os elementos para construção de instrumentos de classificação de documentos de arquivo

    Docente: Renato Tarciso Barbosa de Sousa

    Breve histórico da classificação de documentos de arquivo. Definição de conceitos relacionados à classificação de documentos de arquivo. Objetivos da classificação. Metodologias existentes. A teoria da classificação como fundamento importante para a construção de instrumentos de classificação. Os princípios arquivísticos para a construção de instrumentos de classificação. Os aspectos lógicos, estruturais e semânticos do instrumento de classificação. Número de níveis de classificação. Unidades de classificação. Denominação das unidades de classificação. As relações entre os níveis de classificação: coordenação e subordinação. A classificação de documentos de arquivo nos sistemas de gestão de documentos e de arquivos no ambiente digital.

Associe-se à ARQ-SP
  • c65f9eac24be62dfdcc5f509a32930f8-curso-d
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle